Qual a melhor opção cursos online reconhecidos pelo MEC ou curso presencial?

Qual a melhor opção cursos online reconhecidos pelo MEC ou curso presencial?

Qual os melhores cursos online reconhecidos pelo mec?  Hoje a tecnologia tomou conta de nosso dia a dia, com seus muitos recursos digitais chegando a todos os setores, nos facilitando mais a vida, cada vez mais corrida. 

Porém, em alguns casos, ainda temos dúvidas, como, por exemplo, se a Educação tradicional pode ser substituída pela modalidade EAD. Então, é cada vez maior a procura por esse tipo de modalidade, visto que nosso tempo parece estar cada vez mais curto, e nosso bolso cada vez mais vazio. 

Como os cursos online reconhecidos pelo mec costumam ser mais em conta ou, até mesmo, gratuitos, acabaram caindo na preferência ou, melhor dizendo, se tornando a melhor opção para quem se encontra nessa situação.

E mais, como melhorou o acesso à internet e ela facilita o uso de vídeos e uma maior interatividade, o que antes era restrito à sala de aula, já pode ser transportado para o digital em cursos online reconhecido pelo mec.

Nesse sentido, cabe ao aluno identificar a melhor modalidade para ele, visto que para apostar em cursos online é preciso ter muita disciplina, organização e força de vontade.

E aí, ficou na dúvida: Não se preocupe, mostraremos agora os pontos positivos e negativos de fazer cursos online e presenciais para que possa decidir o que é melhor para você. Confira.

Vantagens dos cursos online

De um lado temos os cursos presenciais, que oferecem o contato direto com o professor.  Do outro lado, os cursos online, que oferecem  comodidade, e isso pode fazer toda a diferença em algumas situações. Por exemplo, no caso de morar em um lugar distante, não é preciso sair de casa para ter acesso às aulas, além de economia, já que costumam ser mais baratos, ou mesmo, gratuitos,  além de não precisar ter gastos extras, com ônibus e alimentação, comuns entre alunos de cursos presenciais.

E vale lembrar da flexibilidade, visto que os horários das aulas podem ser adequados à rotina de cada aluno, o que facilita para quem trabalha fora ou tem outras tarefas a desempenhar durante o dia.

Lembrando que o indicado são cursos online reconhecidos pelo MEC, com direito a certificado para comprovar seus conhecimentos.

Cursos online reconhecidos pelo mec
Cursos online reconhecidos pelo mec

Desvantagens dos cursos online

Só é possível tirar todo proveito das aulas, nos cursos online, se o aluno tiver um equipamento adequado, além de acesso à internet.  

Outra questão é que, ao contrário do que acontece nos cursos presenciais, nem todos os cursos online oferecem livros e apostilas para os estudantes, fazendo com que tenham que procurar alternativas para se aprofundar em determinados assuntos.  Mas na maioria dos cursos online reconhecidos pelo MEC existe sim um material didático elaborado por profissionais da área em que se estuda.

Em algumas plataformas, quando surgem dificuldades por parte dos alunos, o retorno costuma demorar um pouco, o que acaba prejudicando a qualidade do ensino, sem falar que alunos de cursos online não contam com o contato com o professor em tempo real, o que pode fazer com que suas dúvidas perdurem por mais tempo.

Por fim, sem dúvida, a maior desvantagem está relacionada ao acompanhamento dos estudos, já que nem todo mundo tem a disciplina necessária e organização fundamentais para que os cursos online sejam bem aproveitados. 

Vantagens dos cursos presenciais

Sem dúvida, a possibilidade de uma interação direta é o grande diferencial dos cursos presenciais. Ao fazer parte de uma turma presencial, as pessoas ao seu lado acabam trocando ideias, expondo dúvidas e levantando questões que, muitas vezes, o aluno sozinho não é capaz de alcançar. 

Claro, a socialização é outra questão muito importante, até porque, o contato direto com alunos e professores é muito importante para a construção de uma rede de relacionamentos, o que pode ser útil, até mesmo, após o término do curso, ao procurar oportunidades profissionais.

E mais, mesmo com toda a facilidade oferecida pela internet, não podemos negar a importância de ter acesso à uma biblioteca que, além de oferecer livros didáticos para facilitar o aprendizado, concede espaço adequado para estudo, o que é ideal para aquelas pessoas não contam com um ambiente propício para se concentrar dentro de casa.  

Porém, estudar em cursos online reconhecidos pelo mec não impossibilita que você frequente uma biblioteca pública e desfrute dos mesmo apoio de cursos presenciais. 

Desvantagens de cursos presenciais

Sem dúvida, uma das maiores dificuldades desses tempos modernos é tempo, o que leva muita gente a não conseguir conciliar estudo e trabalho, levando muitos jovens a abandonarem seus estudos. Esse é um dos motivos para o alto índice de evasão escolar entre pessoas maiores de idade.

O valor  também é outra desvantagem, já que cursos presenciais costumam ser bem mais caros que os cursos online que, muitas vezes, são até gratuitos.

Outra desvantagem está relacionada à distância das instituições, principalmente nas grandes cidades, que faz com que o aluno tenha gastos elevados com transporte público, além de perda de tempo.

E é isso, esperamos ter lhe ajudado a decidir entre um e outro. Se quiser, sinta-se à vontade para deixar seu comentário, para você, qual o melhor curso: presencial ou online?

 

Como conseguir horas complementares para faculdade?

Como conseguir horas complementares para faculdade?

As horas complementares devem ser prioridade desde o início da faculdade.  Poder cursar uma faculdade é o sonho da grande maioria das pessoas, mas se engana quem pensa que basta escolher o curso, não faltar e prestar atenção nas aulas que, pronto, conseguirá colocar as mãos no sonhado diploma. 

Pois é, até colocar as mãos no diploma é preciso seguir algumas exigências que sempre geram muitas dúvidas entre os alunos, uma delas é em relação às horas complementares.

Então, vale lembrar que horas complementares nada mais são que atividades exigidas na grade curricular de cursos de Nível Superior, que vão além das horas oferecidas pelas próprias Universidades.

Essas horas podem ser preenchidas com Palestras, Seminários, Workshops, Oficinas, Congressos, Simpósios, Cursos livres, entre outras possibilidades.

Por exemplo, em um curso de Direito, por exemplo, pode haver a exigência do aluno assistir a uma audiência em um fórum ou tribunal. 

No mais, vale saber que será preciso, claro, comprovar essas horas/Atividades Complementares, com um Certificado de participação em cursos em áreas correlatas ao programa acadêmico ou em palestras e outras atividades.

Por fim, é preciso saber que essas horas complementares são obrigatórias e, segundo o MEC, “têm a finalidade de enriquecer o processo de ensino-aprendizagem, privilegiando a complementação da formação social e profissional.

Sendo assim, a dica é não deixar essa exigência para última hora, já que sempre no final dos cursos o aluno já se vê em meio a muitas outras questões.

E se você ainda está perdido e não sabe como vai conseguir preencher as horas complementares, fique tranquilo, pois é o que mostraremos agora.

Horas Complementares
Horas Complementares

Opções para preencher as horas complementares

Confira abaixo algumas opções para você preencher suas horas complementares.

Palestras

Você pode começar a frequentar aquelas palestras que acontecem durante as aulas, claro, desde que relacionadas ao seu curso.

Não se esqueça de assinar uma lista de check in e de check out para poder ter direito a um certificado comprovando as horas que ficou assistindo as palestras. 

Estágio remunerado

Tire proveito do estágio não apenas para ganhar experiência e um dinheiro extra, mas para contabilizar no fim do curso como horas complementares. Mas atenção, nesse caso não serve estágios obrigatórios do próprio curso, precisa ser extracurricular. Quando é obrigatório já faz parte da sua grade curricular e, por isso, não vale como atividade complementar.

Trabalho voluntário

Aprenda a tirar proveito, também, de alguma atividade voluntária, não apenas para ganhar experiência, pois ela vai garantir muitas horas complementares. E não confunda trabalho voluntário, que aquele que oferece algum bem comunitário, com trabalho de graça, ou exploração.

Cursos presenciais 

Caso você disponha de recursos financeiros e de tempo sobrando em sua agenda, com certeza, investir em conhecimento nunca é demais, além de poder ser usado pra contabilizar horas complementares.

Cursos online

Mas, se você faz parte da turma que não pode investir em cursos, não tem nem tempo e nem condições financeira para isso, então, a dica, nesse caso, é apostar nas muitas opções de cursos online na internet. 

Claro, é preciso que o curso tenha a ver com o seu curso de graduação, para poder contabilizar as horas complementares. No mais, os cursos online têm a mesma validade daqueles realizados na modalidade presencial.

E vale até estudar idiomas, informática e outros. 

Lembrando, no entanto, que cada instituição tem suas próprias regras para essas horas complementares, por isso, é fundamental procurar se informar antes de escolher a melhor opção para você.

Outra dica é procurar saber se o curso online escolhido oferece a opção de certificado, para que possa ser usado para comprovar as horas complementares.

E se estiver a procura de uma boa opção de curso online, fica a dica: Cursos Rápidos Grátis online já é bem conhecido pelos seus ótimos cursos e por oferecer certificado ao final de cada um deles.